PDT de Curitiba confirma Gustavo Fruet como candidato à reeleição

Gustavo 018Mais de 3,5 mil pessoas participaram na noite desta quinta-feira (4) da convenção do Partido Democrático Trabalhista (PDT), que confirmou o prefeito Gustavo Fruet candidato à reeleição na disputa de outubro. Gustavo terá o apoio de quatro partidos além do PDT: PV/PTB/PRB. O PPS oficializa nesta sexta-feira (5) o apoio à reeleição do prefeito, quando também será anunciado o nome que comporá a chapa na posição de vice-prefeito (a).

A noite de festa foi marcada por discursos entusiasmados e intenso apoio da militância, que recebeu o prefeito em clima de euforia.

Gustavo Fruet enfatizou que foi fechado um arco de alianças com base em programas de governo, sem contradições e sem comprometer um eventual segundo mandato. “Essa é uma aliança administrável, governável, que não se envergonha dos seus aliados, que tem postura e tem projetos para o futuro de Curitiba. A cidade não quer voltar atrás. Curitiba vai seguir em frente”.

Ele lembrou que assumiu com R$ 500 milhões de dívidas de curto prazo e, mesmo num cenário de crise, conseguiu fechar o primeiro mandato com o maior investimento público da história da cidade: mais de R$ 1 bilhão desde 2013. “Do outro lado há dois ex-prefeitos, e não é por acaso. Os dois foram os que mais geraram déficit para a cidade. Essa será a eleição do realismo contra a demagogia. Da verdade contra a mentira. Com atitude nós conseguimos dar sustentabilidade financeira para o município.”

O prefeito lembrou dos prêmios que Curitiba recebeu pela transparência na gestão, com nota 10 pelo Instituto Ethos e pelo Ministério Público Federal. “A cidade não tem ninguém preso por crimes de quadrilha. Eu não tenho parente, próximo ou distante, envolvido em corrupção.”

O presidente do PDT no Paraná e ex-senador, Osmar Dias, destacou a alegria de ter um candidato ético, com uma vida limpa. “No momento em que o país vive o drama de uma crise política que varre a economia brasileira, que tira emprego, que quebra os empresários, a gente pode aqui em Curitiba dizer que o Gustavo tem valores e é honesto. Isso tem um valor imenso.” Como líder do partido, convocou a militância. “Nós vamos enfrentar essa eleição para ganhar e para o bem de Curitiba.”

O vereador do PV e presidente da legenda em Curitiba, Paulo Salamuni, citou que a eleição será um momento de prestação de contas da gestão do Gustavo Fruet. “Estamos em uma nova e vitoriosa caminhada. Juntos transformamos a cidade de Curitiba, que não entrou em colapso porque tivemos um comandante íntegro.” Ele destacou que o PV aprovou, em convenção,  novamente a aliança ao PDT na eleição municipal na capital paranaense. “Eu fui líder da oposição ao então prefeito Rafael Greca. Nele, a coerência política não reside. Não é possível que alguém que serviu ao governo Jaime Lerner, ao governo Roberto Requião, que criticou o Beto Richa, agora se abraçar com ele.”

O vereador do PTB Pier Petruzziello também destacou a coligação formada para a eleição de outubro. “Nós formamos uma aliança honesta. Nós vamos vencer porque essa é a eleição de quem não precisa justificar a aliança, é a eleição da melhor educação de Curitiba. Essa é a cidade que investe em gente. E isso é para quem tem amor no coração. O prefeito Gustavo Fruet tem.”

O presidente do PRB no Paraná, Fábio Santos, afirmou que foi uma honra para os integrantes do partido escolher apoiar a reeleição de Gustavo. “Nós escolhemos o lado vencedor. No dia 2 de outubro será confirmada essa vitória.”

Segue em frente

O prefeito apresentou um balanço dos quatro anos de gestão, destacando investimentos e políticas sociais, que beneficiaram as famílias curitibanas. Gustavo Fruet relembrou que é a primeira gestão que investiu 30% do orçamento na educação. “Isso não tem mais volta. A cidade do futuro será caracterizada pela mobilidade, pela tecnologia, mas fundamentalmente educação. Zeramos a demanda por vagas para crianças a partir de 4 anos. Com o projeto equidade, melhoramos o rendimento e reduzimos o abandono escolar. Os dados do Ideb começaram a ser tabulados e Curitiba deve ser a cidade que mais avançou em todo o Brasil.”

O prefeito aumentou em 43% o volume de recursos para a Saúde, chegando a R$ 1,7 bilhão em 2016 – dos quais R$ 850 milhões com recursos próprios da prefeitura. “Nós ampliamos a cobertura para quase 60% da população na saúde básica, aumentamos as equipes de Saúde da Família e conseguimos a menor mortalidade infantil da história.” Ele falou ainda da reforma de 98 Unidades Básicas de Saúde e a revitalização das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs).

Na área do meio ambiente, Gustavo destacou que o Município ganhou 8,9 milhões de metros quadrados de áreas verdes – mais do que a soma dos 20 anos anteriores. “Investimos em macrodrenagem na cidade e há um ano não temos famílias desabrigadas por enchente.” Ele citou ainda como destaque da gestão os reajustes dados aos servidores públicos, em especial os planos de cargos e salários para professores municipais, professores de educação infantil e para a Guarda Municipal.

Gustavo ressaltou também o cuidado e o respeito com as pessoas. “Havia um imóvel na Conselheiro Laurindo que recebia homens, mulheres, criança, tudo junto. Nós abrimos 18 casas de acolhimento para dar atenção especial a homens, mulheres e crianças.” O prefeito destacou ainda o olhar humanizado para os imigrantes, para as pessoas com deficiência e para as pessoas em vulnerabilidade social. “Curitiba nunca teve um parque público para crianças com deficiência. Nós fizemos o primeiro parquinho de Curitiba para elas.”

Na segurança, falou sobre o pioneirismo. “É a primeira capital brasileira a ter a Patrulha Maria da Penha da Guarda Municipal. Nove mil mulheres atendidas. Quantas delas teriam sido agredidas – e quem sabe? – até assassinadas se não fosse esse trabalho?”

Por fim, Gustavo Fruet destacou os investimentos em mobilidade, como o aumento de 71% na rede cicloviária da cidade; os seis quilômetros de faixas exclusivas para ônibus por onde passam 207 mil passageiros por dia; a revitalização da Marechal Floriano e da Salgado Filho; a conclusão de duas trincheiras na Linha Verde: na Agamenon Magalhães e Roberto Chichon; a manutenção das obras entre o Tarumã e o Hospital Vita e a realização da licitação da trincheira da Fúlvio Alice.

Eleição proporcional

Além do candidato a prefeito, os pedetistas definiram os candidatos a vereadores e aprovaram a coligação na proporcional com o PRB.

A chapa é composta por 57 candidatos à Câmara Municipal, sendo 47 do PDT e dez do PRB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *